Embaixada da Austrália
Brasil

Relações Brasil e Austrália

Relações Brasil e Austrália
 

A relação em ação

Veja a relação em ação pelas redes socias: www.facebook.com/AustraliaNoBrasil (a Embaixada da Austrália no Brasil), www.twitter.com/EmbAusBrasil (o Embaixador da Austrália no Brasil) e www.facebook.com/brazilinaustralia (a Embaixada do Brasil na Austrália).


Parceria Estratégica Brasil-Austrália

Considerando o progresso alcançado nos últimos anos no fortalecimento das relações bilaterais, e com vistas a dar expressão ao aprofundamento dos laços e crescimento do papel desempenhado pelos dois países no mundo, a Presidenta Dilma Rousseff e a Primeira-Ministra Julia Gillard concordaram em elevar as relações entre Brasil e Austrália ao nível de parceria estratégica em junho de 2012.

 

Comércio

O Brasil é o maior parceiro comercial da Austrália na América do Sul, com um comércio bilateral de mercadorias que totalizou R$ 1,63 bilhões em 2012. As principais exportações da Austrália para o Brasil são: carvão, petróleo bruto, ferro e aço. As principais exportações do Brasil para a Austrália são: equipamentos de engenharia civil, medicaments, café e sucos. O investimento australiano no Brasil totalizou R$ 14,349 bilhões em 2012. Principais fatos (em inglês).

 

Multilateralismo

Os compromissos da Austrália e do Brasil com o multilateralismo são histórico. Fomos dois dos membros fundadores or membros-chaves de:

  • o G-20, o principal foro para a cooperação econômica no mundo. A Austrália será o anfitrião da Cúpula de Líderes do G-20 em 2014.
  • as Nações Unidas e de agências especializadas como a Organização Mundial da Saúde e a Organização para Agricultura e Alimentação.
    • A Austrália contribui de maneira fiável e consistente para a manutenção da paz. O país foi eleita para uma das vagas provisórias no Conselho de Segurança da ONU no período de 2013 e 2014. Veja nossos comprometidos como uma candidata (pdf). A Austrália está presidindo às comissões do Conselho de Segurança da ONU encarregadas de supervisionar as sanções internacionais contra a Al-Qaida, os talibãs e o Irão. A Austrália ocupou a primeira presidência do Conselho de Segurança em janeiro de 1946.
  • a Organização Mundial de Comércio (OMC), particularmente do grupo G7 e do Grupo de Cairns (nome dado em homenagem a uma cidade na Austrália). O Grupo de Cairns trabalha para a liberalização do comércio no setor da agricultura.
  • o tradatos internacionais de não-proliferação e de desarmamento.

O engajamento da Austrália vai além de região Asia-Pacifco. A Austrália é membro do Fórum de Cooperação América Latina - Ásia do Leste e a Reunião da Ásia-Europa, além de ser observador em outras organizações, tais como a União Africana e a Comunidade do Caribe. A Austrália, juntamente com a Nova Zelândia, participa do Acordo para o Estreitamento das Relações Econômicas-Mercosul.

 

Desenvolvimento

O programa de assistência para o desenvolvimento internacional da Austrália dobrou entre 2007 e 2012 e deve dobrar novamente até 2016. Em 2012, o programa foi de R$ 10,71 bilhões ou 3,5% do Rendimento Nacional Bruto. A Austrália e o Brasil firmaram parceria para apoiar projetos no Timor-Leste, América Latina e África.

 

Quer saber mais?

This web site also contains in English (em ingles) links to fact sheets, key documents and the Council on Australian Latin American Relations (COALAR)